sábado, 26 de fevereiro de 2011

Algures nas minhas divagações pelo espaço e pelo tempo, fui encontrando receitas com sementes de papoila. Primeiro pensamento que vem à cabeça quando se fala em sementes de papoila é "isso não é de onde vem o Ópio?", pois...não. Isso vem daquele líquido leitoso que, quem já apanhou uma papoila, muito bem conhecemos.

O grande problema dessas receitas, que sem dúvida parecem deliciosas, é que eu não fazia ideia de onde poderia encontrar as ditas sementes! Mas todas as buscas chegam a um fim e, finalmente, encontrei!

Como tal, decidi experimentar um bolo que encontrei no blog
As Minhas Receitas Pensei que fosse ficar um pouco denso demais, porque pelas fotografias dava ideia de ficar parecido com o, americano, pound cake, mas afinal é muito leve, fofo e com um sabor incrível! De certeza que se vai repetir, cá por casa ;)

Bolo de Limão e Sementes de Papoila

Ingredientes:

200g de farinha
200g de açúcar
185g de manteiga amolecida
3 c. sopa de leite
3 ovos
1 c. chá de fermento
1 c. chá de essência de baunilha (esta medida não se aplica ao aroma de baunilha)
1 pitada de sal
raspa e sumo de um limão
3 c. sopa de sementes de papoila (encontrei no Celeiro Dieta)

Preparação:
Junta-se a farinha, o açúcar, o fermento, o sal, a raspa de limão e as sementes numa taça.
Noutra taça, junta-se o leite, os ovos e a baunilha.
Na taça dos ingredientes secos, junta-se a manteiga e mistura-se bem, até estar desfeita. Depois, vão-se misturando os ingredientes líquidos aos poucos, de forma a que a massa fique homogénea.
Unta-se uma forma de bolo inglês com manteiga e polvilha-se com farinha. Põe-se a massa na forma e leva-se ao forno a 180ºC. Demorou cerca de 45m a cozer.

No final, junta-se o sumo do limão com um pouco de água (cerca de metade do volume de sumo), com 3 c. de sopa de açúcar. Leva-se ao lume, só para dissolver o açúcar.
Depois de retirar o bolo do forno, rega-se com esta calda.

Este é um daqueles bolos que não dá para comer só uma fatia. O sabor do limão com o crocante das sementes é uma junção curiosa e que vale cada dentada.

Bons feitiços e bom apetite!

3 colheradas no caldeirão:

perola doce disse...

Olá e parabéns pelo blog.
Também eu andei num dilema a procurar sementes de papoila, acabei por encontrar numa ervanária em Alvalade, mas estava dificil, e agora resta a parte boa fazer a receitinha!!!
Encontrei esta que está publicada, e com um aspecto delicioso, por isso irei experimentar no fim de semana, depois digo como correu, apenas irei fazer uma alteração a esta maravilhosa receita que está publicada, irei usar oleo, vamos la ver como corre!!!

Afal disse...

Olá! Obrigada, sei que anda um bocado parado, mas há de voltar em força, espero eu ;)

Então, depois da experiência feita quero saber o resultado!

Renata Damasio disse...

É de facto maravilhoso, aprovadíssimo!!

Encontrei facilmente as sementes de papoila, numa superfície comercial e já usei no Bolo de espinafre e no pão. Faz um crocante muito interessante!!!!